Destaques do Super Bowl 2019: Stella Artois Change Up the Usual

Mudança de hábito. É nisso que apostou a Stella Artois em seu comercial do Super Bowl 2019. O desafio da marca é fazer com que o público americano mude a pedida. Para ajudar neste desafio, Sarah Jessica Parker volta a ser Carrie Bradshaw e Jeff Bridges retoma o Dude de O Grande Lebowski neste comercial bem humorado do break do Super Bowl em que eles trocam seus coquetéis preferidos (Cosmopolitan e White Russian) por duas Stellas.

Destaque do Super Bowl 2019: Washington Post Democracy dies in Darkness

Em um mundo onde se discute fake news e muitos países passam a ter governos de direita, o Washington Post faz um anúncio falando como o conhecimento empodera, mantém as pessoas em liberdade e preserva a democracia. O comercial em si não é espetacular. Mas a sua existência acho que é emblemática e significativa. A locução é do Tom Hanks.

Destaque do Super Bowl 2019: Pringle’s traz assistente pessoal deprimida

Pringle’s é uma batatinha empilhável que hoje é fabricada em 14 sabores. E existe uma prática do empilhamento de chips para chegar a sabores novos. O chamado ‘Flavour Stacking’. De acordo com a empresa é possível chegar a 318 mil sabores com o empilhamento de 3 chips de batata. Para falar disso a marca criou um comercial em que dois jovens empilham sabores enquanto uma assistente virtual tipo Alexa comenta deprimida que não pode participar pois não tem mãos…

Destaques do Super Bowl 2019: A Coke is a Coke

Intitulado “A Coke is a Coke”, o comercial criado pela W+K Portland para ser veiculado pouco antes do início do SuperBowl faz um convite para diversidade e a inclusão. Ele faz alusão a uma fala célebre de Andy Warhol (‘We all have different hearts and hands; heads holding various views. Don’t you see? Different is beautiful. And, together is beautiful, too’). A decisão de não veicular no break é novidade. Desde 2006 a marca sempre marcou presença nos comerciais…

Destaques do Super Bowl 2019: a atuação das operadoras de telefonia

T-Mobile, Verizon e Sprint marcaram presença no break do Super Bowl repetindo um pouco das estratégias que vêm adotando em sua comunicação regular. O comercial da T-Mobile, por exemplo, foca no convite para a mudança de operadora: Já a Verizon centrou seu esforços em ressaltar a superioridade da sua rede. Apostou em um comercial de apelo emocional para falar da confiança que dá ter a melhor rede. Trouxe o ex jogador e atual técnico da NFL Anthony Lynn em…

Destaques do Super Bowl 2019: Amazon coloca sua Alexa a teste

Para promover sua assistente digital Alexa, a Amazon convidou alguns atores, incluindo Harrison Ford e Forest Whitaker, para mostrar com ironia que dá para imaginar as funcionalidades da Alexa em tudo. Mas que nem tudo vai funcionar como se espera. Com ironia acaba comentando sobre os principais features da assistente: fazer pedidos pela Amazon usando comandos de voz, enviar comandos para a automação da casa (como acender luzes ou ligar um eletrodoméstico), ouvir música e podcasts.

Destaques do Super Bowl 2019: Andy Warhol comendo Whopper em comercial do BK

Depois de 13 anos ausente do break do Super Bowl o Burger King veiculou no break um comercial de 45 segundos com imagens de arquivo de Andy Warhol comendo um Whopper, com a hashtag #eatlikeandy. Esta filmagem foi parte do filme ’66 Scenes of America’ de 1982 do cineasta dinamarquês Jørgen Leth. Warhol brincou com a marca de alimentos em seu trabalho, e agora a David Miami transformou esse material em propaganda (com o aval da The Andy Warhol Foundation)….

Destaques do SuperBowl 2019: GoT x BudLight

Um dos comerciais mais surpreendentes desta edição do SuperBowl foi também fruto da colaboração criativa de duas das agências mais bacanas da publicidade americana: a Droga5 e a Wieden+Kennedy New York. Ambas se uniram para pensar em um projeto muito bacana para o SuperBowl envolvendo dois clientes ousados (HBO e Bud Light) envolvendo a franquia Game of Thrones que terá sua oitava e última temporada lançada em abril deste ano. O comercial começa como uma paródia do universo ficcional…

Cannes Lions 2017: Payphone Bank, Grand Prix de Product Design

O projeto da Grey Colômbia para a operadora de telefonia Tigo-Une é engenhoso e transformou os orelhões, muito sem função nos dias de hoje, em cofres virtuais fazendo com que a população de baixa renda possa poupar dinheiro e ser integrada ao sistema financeiro. Estas pessoas, antes desbancarizadas, vão depositando moedas nos orelhões. E digitam códigos para que estas moedas sejam integradas a um saldo, que pode ser usado para pagar contas. A ação ressignificou mais de 6,5 mil…

WordPress Theme built by Shufflehound. Copyright 2006-2033 | All Rights Reserved