bruno

 

O projeto Piquenique surgiu em Aracaju (SE) com o objetivo de conectar jovens publicitários da Universidade Federal de Sergipe com ativistas trans para que eles pudessem agir juntos e criar projetos independentes. Tudo isso através de sessões de piquenique em um jardim.

 

bruno1

 

Um dos resultados dessa iniciativa é o e-book ‘Meu nome é Bruno’. Criado pelo Michel Cornélio com a ajuda de alguns amigos, o livro conta as aventuras de um garoto negro que não se enxerga como Bruna, mas sim como Bruno. A história, apesar de ser infantil, também explora a relação dele com os pais e amigos de colégio. De como o apoio dos pais é fundamental. E de como é importante os amigos entenderem e respeitarem.

 

Por enquanto o livro está apenas disponível online na plataforma ReadyMag. Fica a torcida para que uma editora possa investir e levar a ideia para as livrarias. O livro é lindo.