6a00d8341ca6f253ef010535172014970b-800wi.jpg

A agência espanhola La Doma pretende fundar a primeira marca crowd-sourced do mundo, a Democreated. Qualquer pessoa pode preencher o formulário que ajudará a definir a natureza e o foco da marca – além de receber direitos parciais sobre a mesma.

O site, lançado em outubro, aceitará contribuições de colaboradores durante 100 dias. Após esse período, a agência irá vender a marca para qualquer empresa interessada em desenvoler e comercializar produtos que aceitem os princípios e diretrizes pré-definidos.

Se a venda da marca acontecer, o lucro será dividido entre todos os colaboradores.

via Talent imitates, genius steals

No próximo domingo será veiculado nos EUA um especial de Haloween dos Simpsons que inclui algumas histórias. Uma delas é uma paródia ao Mad Men. Confiram abaixo um trailer:

project-m.jpg

No último Poptech, conferência anual de ciência e tecnologia que reúne algumas das maiores personalidades dessas áreas, que aconteceu entre 23 e 25 de outubro, um projeto interessante que une tecnologia e filantropia foi apresentado. A idéia do Project Masiluleke é fazer uso da alta penetração de aparelhos celulares na África do Sul a favor do combate a AIDS e a tuberculose.

Unindo expertise e doações de parceiros como Nokia Siemens, frogDesign e National Geographic, além da segunda maior operadora do país, o projeto pretende enviar aproximadamente um milhão de mensagens de texto por dia, no primeiro ano, encorajando usuários a telefonar para um dos call centers dedicados às doenças. Um teste beta apresentou aumento de três vezes no volume de ligações feitas para o “National AIDS Helpline” de Joanesburgo após apenas três semanas de envio de mensagens.

A expectativa é que centenas de milhares de sul-africanos infectados com o vírus HIV consigam acessar informações corretas sobre a doença por causa do projeto, que também incluirá apoio para quem já estiver se tratando, testes caseiros de HIV e a criação de redes sociais para que os pacientes possam compartilhar informações.

via Core 77

Simpático este comercial da Crispin para o Burger King, convidando os americanos a votar nas eleições presidenciais de 4 de novembro. Confiram:

A nova investida da Microsoft na sua campanha (já comentada aqui) consiste de dois novos filmes em que o consumidor é o protagonista. Para participar as pessoas devem ir ao site da campanha e subir o seu vídeo. O movimento já conta com a adesão de quase 20 mil pessoas.

Mas não convence (pelo menos a mim).: Achava o caminho do Seinfeld mais matador. Construiria algo diferente e cool. Mas bancar o novo para uma empresa da proporção da Microsoft não deve ser fácil. Na minha opinião, e a cada iniciativa desta campanha isso fica mais claro, os executivos não aguentaram a pressão e partiram para uma formulinha que pode manter emprego de algumas pessoas lá dentro mas, cá entre nós, não pega ninguém… Tá bem editadinho, ok.: Agora conta uma coisa, precisava da Crispin pra fazer isso ?!

Confiram um dos filmes abaixo e o outro aqui.

Criado pela BBH de Londres, o filme que conta com o ator Robert Wilfort mostra a funcionalidade da tecnologia contactless disponível no cartão Barclaycard. A trilha é um single lançado em 1976 pelos Bellamy Brothers: (“Let your Love Flow”). Confiram abaixo:

O making of está disponível aqui.

- Dica do Fred Saldanha

amazon.jpg

Há algum tempo escrevi sobre o Zoomii, um site que facilita a compra de livros e títulos da Amazon através de uma navegação totalmente visual. Ao invés de ter que pesquisar listas e mais listas de títulos, o Zoomii permite ao usuário navegar por meio das capas de mais de 19.000 livros e procurar por mais 162.000 títulos do site.

Hoje li no Gizmodo sobre o lançamento do Amazon WindowShop, uma coleção dos livros, filmes e álbuns mais populares do site, organizados em um grid 3D onde cada título é um pequeno demo do produto — um trailer, vídeoclipe, etc. A navegação gostosa e visual do WindowShop é um ótimo exemplo de experiência de marca na web. Tomara que o lançamento inspire outros sites a investirem mais na experiência de compra online.

absolut-barcelona.jpg

Como parte do esforço global “In an Absolut World”, a Absolut lançou uma campanha online apresentando Barcelona como uma cidade livre de trânsito e poluição, onde a bicicleta é o principal meio de trasporte.

Uma série de perguntas bem-humoradas sobre bicicletas e estilo de vida permite ao usuário provar que está preparado para essa cidade fictícia. Depois de passar no teste, o usuário recebe uma “carteira de motorista” para bicicletas.

Nos dias 11 e 12 de outubro a marca de vodka organizou um evento para promover a campanha, o “Primer Festival de Cine con Bicicleta de Barcelona”. Para entrar no festival, que exibiu filmes que destacam bibicletas, como “E.T., o Extraterrestre”, o visitante tinha que chegar de bibicleta.

Criação da agência Wysiwyg.

via Marketing News

Entre os dias 20 e 26 de outubro rolou essa dancinha estranha no ar para promover o Toyota iQ (tem também este vídeo aqui, muito bom para ressaltar o diferencial competitivo bastante evidente do modelo). A performance aconteceu no prédio da Sony no distrito de Ginza, em Tóquio.

- Dica do Danilo Scatigno

Confiram abaixo o primeiro videoclipe do mundo criado no Excel. Quem gostar pode baixar o arquivo aqui.

Confiram acima a animação criada pela organização Human Rights Action Center para comemorar o 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos. via Core77

Oito anos após o icÔnico comercial “Wassup“, da Budweiser, os cinco protagonistas voltam com a versão 2008. Não vou contar mais nada para não estragar a surpresa – só digo uma coisa, não deixem de assistir até o final

Saiu o primeiro comercial da T-Mobile para o G1 Android, que começou a ser vendido nos EUA na quarta-feira. Confiram abaixo. Não encontrei a ficha técnica ainda ou menção à agência que criou. Seria a Publicis, que atende a T-Mobile nos EUA ? Quem souber, por favor compartilhe nos comentários. Criação da Publicis West com […]

Cada vestido, camiseta ou calça que usamos vem com uma etiqueta. Nela, informações sobre o tipo de tecido e o modo de lavagem podem ser lidas. Mas e outras informações, como por exemplo por onde a peça já passou, quem a costurou, o que a inspirou, enfim, a história daquela peça? Essas não podiam ser […]

Categorias: E*Ideias, Mobile, Moda