No Ăşltimo final de semana resolvi mudar a rotina de andar sem rumo por Amsterdam e fui visitar a Biennale. E nĂŁo me arrependi.

SaĂ­ de casa Ă s 12h em direção ao lounge central do ExperimentaDesign, que fica ao lado do museu de arte moderna de Amsterdam, o Stedelijk Museum. Chegando lá descobri que o evento Ă© formado por trĂŞs exposições principais, Urban Play (organizada pela Droog Design), “Sunday Adventure Club” e “Come to My Place“. Optei por, naquele domingo, visitar a Urban Play, já que sou fĂŁ da Droog.

Ainda no lounge recebi um mapa-itinerário indicando todas as intervenções urbanas e galerias que fazem parte da Biennale. Recusei a opção de alugar uma bike, já que estava com a minha. Segui então para um passeio de 2h ao longo do rio IJ, uma das áreas mais agradáveis da cidade – embora supercomercial.

cyclerecycle.jpg

A primeira intervenção que encontrei foi o “CycleRecycleCycle”, uma “casinha” montada quase em frente Ă  famosa casa de concertos da cidade, Concertgebouw, que oferecia um workshop para que os visitantes pudessem “pimp their bikes”, algo como “incrementar a sua bicicleta”. Fiquei um pouco decepcionada com a intervenção – estava esperando mais. Mais opções de decoração e tintas para pintar bikes. NĂŁo foi o caso, mas o conceito estava lá.

fence.jpg

Em seguida passei pela “Plaited Fence”, uma cerca feita de sacos plásticos e lixo encontrado nas ruas de Amsterdam. Achei a idĂ©ia interessante, senĂŁo um pouco batida.

sculp-point.jpg

Minha terceira parada foi o “Sculpt me Point”, criado por MartĂ­ GuixĂ©. Uma pedra enorme na qual qualquer pessoa pode esculpir o que quiser e contribuir com a obra. Diverti-me horrores e pelo que percebi, todos que estavam lá tambĂ©m.

moving-forest.jpg

Na volta deparei-me com a “Moving Forest” que, como o nome diz, Ă© uma floresta em movimento. Vários carrinhos de supermercado cobertos por cascas servem de habitat para árvores de verdade. A execução está linda.

fishes.jpg

A Ăşltima intervenção pela qual passei, “Fish in the Sky”, Ă© formada por dezenas de peixinhos de plástico que “nadam” no ar toda vez que o vento sopra – ou seja, o tempo todo já que Amsterdam Ă© a cidade dos ventos – pelo menos pra mim ;-)

Faltam várias intervenções e as outras duas exposições para eu visitar, mas ainda tenho o mĂŞs todo pra elas…

lbm3.jpg

A HBO achou um jeito bem interessante de promover um novo programa de comédia, Little Britain USA. Criou, em parceria com a Mimobot, uma série de pen drives promocionais com os personagens da série e os recheou de infos e previews, apresentando os protagonistas.

Um jeito inteligente e interessante de despertar interesse e já posicionar o programa como cool.

- via NotCot

Dica do @kenfujioka

A IBM abraçou a causa da redução de emissão de carbono com um projeto que envolve a criação de um projeto de reverse grafitti ( limpeza de áreas públicas com materiais atóxicos criando peça de street art). Confiram aqui o hotsite, recheado de vídeos e fotos. A idéia não é super original. Isso já foi feito antes por diferentes artistas. Não é também a primeira apropriação por marcas. A Clorox fez um este ano. Mas a IBM falar do assunto deste jeito eu achei legal. Tá valendo. O projeto é da Ogilvy Paris.

Vejam abaixo um dos vĂ­deos:

Ação criada pela DDB da Nova Zelândia com o objetivo de mostrar que às vezes os fones de ouvidos que usamos podem ajudar a fazer com que percamos a audição. A peça é muito inteligente. Encoraja você a encostar o seu headphone no volume habitual no mobiliário e testar ali na hora vendo se ele fica verde (aceitável) ou vermelho (perigoso/reprovado). Vejam abaixo o vídeo que conta a ação:

Para começar a semana uma bela produção para um filme-manifesto para a marca de jeans Wrangler na França criado pela Fred & Faris. Confiram:

Comercial da McCann de Oslo para Bring, o serviço do correio norueguês de entregas/remessas. Achei interessante. A produção é da Social Club de Estocolmo com direção de Robert Nylund.

Também fazem parte da mesma campanha esta e esta execuções.

2866237328_8f164620be.jpg
Antes do “roubo”

Não deu nem tempo de visitar alguma exposição ou passar por alguma intervenção do ExperimentaDesign aqui em Amsterdam e já tenho uma notícia interessante para compartilhar.

Stefan Stagmeister, um dos colaboradores da exposição “Urban Play“, organizada pela famosĂ­ssima Droog para a Biennale, viu sua instalação ser “roubada” pela polĂ­cia menos de 24h depois de seu lançamento.

A instalação, uma frase escrita com 250.000 moedas de um centavo de Euro em uma calçada da cidade, foi levada pela polĂ­cia no Ăşltimo domingo, depois de uma moradora de um dos prĂ©dios que avistava a instalação ter chamado a polĂ­cia pois “alguns transeuntes estavam roubando uma obra de arte”. Basicamente, algumas pessoas começaram a levar as moedas embora, o que, segundo Scott Burnham, curador do projeto, já era esperado.

Mas o bizarro mesmo foi a reação da polícia holandesa. Quando chegaram ao local e viram o que estava acontecendo, os policiais decidiram levar todas as moedas embora! E justificaram a ação dizendo que estavam protegendo o trabalho do artista!

Logo depois do ocorrido a polícia concordou em devolver as moedas. Burnham aceita sugestões do que fazer com elas em seu blog.

moedinhas.jpg
A polícia em ação. Foto do usuário do Flickr Anjens

Em uma atividade promocional para o Honda Civic a RPA criou uma ação de ativação na CalifĂłrnia bastante interessante. Repavimentou uma avenida criando sulcos que, em contato com o pneu, “tocam” um trecho da Ăłpera “Guilherme Tell”, de Rossini (que nĂŁo dá muito bem pra reconhecer, sejamos bem francos).

Os engenheiros afirmam que a mĂşsica soa melhor num Civic… Vai saber. O fato Ă© que gerou o maior buzz. Mas, como o pessoal da cidade de Lancaster reclamou Ă  beça do asfalto, a prefeitura teve que repavimentar. Mas valeu. Aqui abaixo vocĂŞs podem conferir um vĂ­deo. A referĂŞncia do projeto deve ter sido este projeto japonĂŞs aqui.

Bem humorado este comercial da Crispin, Porter + Bogusky para falar do sorvete de casquinha do BK vendido a 89c. A produção é da Bob Industries, de Santa Monica com direção de Peter Care . Gostei de trilha sonora, assinada pela Eleven Sound.

Comercial criado pela RPA com produção da Digital Domain em que o Fit deixa os “guzzlers” (carros beberrões) para trás. Ok, ok, o Fit Ă© realmente econĂ”mico mas o comercial dá uma impressĂŁo de motorização incrĂ­vel que nĂŁo confere muito com a realidade. Mas, como bem disse um leitor nosso num dos meus posts de […]

Desde o Ăşltimo dia 18 acontece aqui em Amsterdam a 1Ă‚ÂŞ edição holandesa do ExperimentaDesign. ApĂłs quatro bem-sucedidas edições em Lisboa, a Biennale internacional dedicada ao design, arquitetura e cultura contemporânea foi convidada pela cidade de Amsterdam para uma edição holandesa. E como resultado do convite, a partir deste ano o evento anual acontecerá alternadamente […]

Isto já Ă© possĂ­vel nos EUA com o serviço Maghound. As pessoas nĂŁo assinam tĂ­tulos fixos. Escolhem quantas revistas querem receber por mĂŞs e podem mudar os tĂ­tulos a cada remessa. Para receber 3 revistas, paga-se US$ 4,95 mensais, para receber 5 tĂ­tulos, US$ 7,95 e para receber 7, paga-se US$ 9,95. Depois disso, quem […]

Confiram aqui este projeto abraçado pelo Google no intuito de melhorar o mundo. As pessoas submetem idéias em várias áreas, as melhores são escolhidas, e o Google colocará US$ 10 milhões para concretizá-las. Mostra que conhece o poder das mídias sociais e que está disposto a cooperar. Abaixo o vídeo de apresentação.